986 resultados para Doadores de sangue


Relevância:

100.00% 100.00%

Publicador:

Resumo:

Trata da segmentação de doadores de sangue em duas instituições hemoterápicas da cidade de São Paulo, analisando variáveis que possam ser utilizadas para diferenciar os doadores de acordo com seu comportamento de doação. Os resultados apontam que variáveis como a conveniência do local de doação, se o doador teve amigo ou familiar que recebeu transfusão, a privacidade durante o processo de doação, se o doador sente dor, se percebe a doação como procedimento médico seguro e se tem medo de contrair AIDS ao doar sangue parecem apresentar relação com a freqüência de doação. O número de doações já realizadas na vida, sentir tontura ou náusea ao doar e variáveis de atitude como a satisfação que sente ao doar, o medo de contrair AIDS e a importância dada a pequenos beneficios (dia de folga no trabalho) parecem apresentar relação com a qualificaçãodo doador.

Relevância:

100.00% 100.00%

Publicador:

Resumo:

INTRODUÇÃO: A transfusão sanguínea é uma fonte potencial importante para transmissão da doença de Chagas. MÉTODOS: Foi verificado, nos arquivos do Hemonúcleo Regional de Araraquara, o resultado dos exames para doença de Chagas entre janeiro de 2004 e dezembro de 2008. RESULTADOS: Foram diagnosticadas com sorologia positiva 0,04% das 49541 doações de sangue realizadas. A idade dos soropositivos situou-se entre 51 e 60 anos. CONCLUSÕES: O baixo índice de doadores soropositivos pode reduzir o risco de transmissão via transfusional da doença de Chagas. A alta ocorrência de resultados inconclusivos indicam que os métodos diagnósticos devem ser melhorados.

Relevância:

100.00% 100.00%

Publicador:

Resumo:

A agregação plaquetária avalia a função das plaquetas através de diferentes vias de ativação plaquetária in vitro, fornecendo traçados de ondas equivalentes à propriedade física dessa agregação. Sabendo-se que a aspirina acetila irrever­sivelmente a enzima cicloxigenase prevenindo a geração de tromboxana A2, potente ativador da agregação plaquetária, esta droga tem sido analisada há mais de trinta anos na clínica médica em pacientes com doenças cardiovasculares como uma potente droga antitrombótica. Foram nossos objetivos obter traçados de ondas correspondentes às fases da agregação plaquetária para nossa padronização utilizando nosso grupo controle de doadores de sangue e compará-las com nosso grupo estudo, frente a diferentes agentes agonistas em diferentes concentrações: ADP 1µM e 3µM; AA, 0,5mM; ADR, 0,05 mg/mL, 0,025 mg/mL e 0,010 mg/mL. Os grupos analisados foram constituídos por 41 cardíacos e 40 doadores de sangue considerados controle. Dos cardíacos, 33 faziam uso regular do AAS na concentração de 200 mg/dia e oito na concentração de 100 mg/dia, sendo todos considerados hipertensos. A padronização da agregometria estava na dependência do encontro de traçados correspondentes a ondas de agregação, sendo esses obtidos em porcentagem no tempo de cinco minutos estandartizados pelo aparelho utilizado. Comparando os resultados entre os pacientes e o grupo controle, foi possível observar que, na presença dos agentes agregantes ADP 1µM e ADP 3 µM, ADR 0,05 mg/mL, 0,025mg/mL e 0,010 mg/mL, os pacientes apresentaram 1ª onda, mas não 2ª onda. Por sua vez, no caso do AA 0,5 mM não houve o encontro de traçados de ondas.

Relevância:

100.00% 100.00%

Publicador:

Resumo:

O Sistema ABO foi descoberto em 1900 e permanece até hoje como sendo o sistema mais importante dentro da prática transfusional. A transfusão ABO incorreta pode resultar na morte do paciente, com uma reação hemolítica intravascular, seguida de alterações imunológicas e bioquímicas. Os anticorpos ABO estão presentes nos soros dos indivíduos, dirigidos contra os antígenos A e/ou B ausentes nas hemácias. Embora as transfusões com pequenas quantias de plasmas incompatíveis sejam geralmente consideradas uma prática segura, alguns casos de reações hemolíticas por plasma incompatível são encontrados na literatura. Tendo em vista a pequena quantidade de estudos sobre as hemolisinas anti-A e anti-B e a importância desses anticorpos na prática transfusional, objetivamos neste trabalho verificar a freqüência dessas hemolisinas em doadores de sangue do Hemocentro da Unesp de Botucatu. Foram analisadas 600 amostras de soros de doadores do grupo O para presença ou ausência das hemolisinas anti-A e anti-B. Desses doadores, 77 (12,8%) foram classificados como perigosos por apresentarem em seu soro altos títulos de hemolisinas e 523 (87,2%) como não perigosos por apresentarem baixos títulos. No grupo dos doadores perigosos, 45 (58,4%) foram reativos para hemolisina anti-A, 11 (14,2%) reativos para hemolisina anti-B e 21 (27,2%) reativos para ambas. O título de aglutininas superior a 1/100 já considera o doador O como perigoso. Assim, o teste realizado em nossa rotina é suficiente para detecção de altos títulos fazendo com que os pacientes dos outros grupos sangüíneos não corram o risco de reação transfusional se necessitarem de transfusão sangüínea não-isogrupo.

Relevância:

100.00% 100.00%

Publicador:

Resumo:

The context of blood donation in Brazil faces problems since the start of its operations in the 1940, in the beginning the biggest obstacle was obtain safe and qualified blood, and then, established criteria for donations, the barrier is the low number of suitable candidates for donation. This suitability is associated with the good health of those who goes to the services of blood banks and the return of the donor is often conditioned by the way care is given and perceived by the user. The quality of life, defined as a perception that a person has of her/his position in the world, can influence the health and emerges as a way to focus on the subjectivity in a context dominated by objective and practical exams; listen to the views about the received services increases the focus on the user and provides feedback to the institution, guiding and planning its future actions. The purpose of this study was to verify the quality of life in blood donors and their perceptions of care in a blood center in Natal/RN. This is a descriptive cross sectional study conducted with blood donors from Dalton Cunha Barbosa blood center. The used protocols were: a structures questionnaire with questions on sociodemographic and services perception data, and SF-36 quality of life instrument. The sociodemographic and SF-36 data ware analyzed using descriptive and inferential statistics, using the statistical package PASW 18.0; those related to treatment were submitted to thematic content analysis. The results revealed a sample mainly composed by men, married people, who attended high school and had already made previous donations, with the first two groups returning more often for donations. The scores of the SF-36 confirm the certificated of good health of the screens, beind high in all areas and featuring a healthy population; statistically significant differences were denoted between sexes, levels of education and marital status. The speeches about the service were mostly positive and had as main focus acess, agility, technical aspects and subjective feelings. The data regarding the Rio Grande do Norte blood donors profile confirmed some characteristics of the Brazilian ones, those data of the SF-36 were similar to those found in studies with healthy groups and the impressions about the care received show similarities with national and international studies about the attendance at blood banks

Relevância:

100.00% 100.00%

Publicador:

Resumo:

In malaria endemic regions of Africa, resistance to infection by Plasmodium has been observed in under 6-month-old children, when there are higher fetal hemoglobin (Hb F) levels. Research performed in the São José do Rio Preto region, central-east Brazil, reported increased levels of Hb F in blood donors. The purpose of this work was to evaluate the A2 hemoglobin (Hb A2) and Hb F concentrations in blood donors deriving from the Brazilian malaria endemic region. Forty-five blood donor samples from Macapá, from patients with varying genders, ages and ethnic origins, were collected by venous puncture after informed consent was obtained. The samples were analyzed by High Performance Liquid Chromatography (HPLC) - System Variant (Bio-Rad). The HPLC demonstrated sensitivity and rapidity in the identification and measurement of the hemoglobins and gave precise results. Moreover, it provided measurement of hemoglobin variants, even when they were present in small amounts, providing a diagnosis of hemoglobinopathies. Hb F levels above the normal were observed in 33.3% of the analyzed samples. The presence of increased Hb F can suggest resistance to infection by Plasmodium falciparum, as there have been reports that infected red blood cells interfere in the development of the parasite.

Relevância:

100.00% 100.00%

Publicador:

Resumo:

The most highly prevalent inherited disease in Brazil and in the world, sickle cell anemia, is considered a public health problem. Characterized by homozygosis for the hemoglobin S gene, the individual has a range of signs and symptoms that require careful treatment. The sickle cell trait is characterized by heterozygosis for the hemoglobin S gene, however the carrier does not express the disease. In the current study we aimed at verifying the presence of the sickle cell trait in 1000 blood donors of the Hematology and Hemotherapy Center of the State of Piauí (Hemopi) in the period from October 2007 to April 2008. After analysis by alkaline and acid electrophoresis, positive cases were confirmed by molecular biology. We obtained rates of 3.4% for hemoglobin AS and 5% for hemoglobin AC, with a total frequency of 3.9% in the total of 1,000 blood donors.

Relevância:

100.00% 100.00%

Publicador:

Resumo:

This study aimed to evaluate the seroprevalence of Trypanosoma cruzi infection in blood donors of the core of Patos de Minas Regional Foundation's Hemominas, MG. To this end, tests were used (ELISA) and Reverse Passive Hemagglutination (HPR). Through retrospective study from 1996 to 2006, was considered the result of serological 21,787 donors where 259 (1.2%) were seropositive for T. cruzi infection and the highest number of seropositivity was found in the group of 41-50 years. The total number of donors tested, 15 143 (69.5%) were male and 6644 (30.5%) females giving a seroprevalence rate of 170 (0.8%) and 89 (0.4%) respectively. This seroepidemiological survey showed that still prevail rates of transmission of Chagas disease, which reinforces the idea of the need for serological tests for the prevention of Chagas disease, especially in endemic areas as the region of Triangulo Mineiro and Alto Paranaiba.

Relevância:

100.00% 100.00%

Publicador:

Resumo:

The advances of molecular genetics enabled us to understand the molecular basis of the ABO locus. Considering Us importance as a genetic marker and its applications, the aim of this study was to verify the distribution of the ABO genotypes in a Brazilian population from the Northwest region of the Sào Paulo Stale, Brazil. The genomic DNA was extracted from three hundred and twenty four healthy Brazilian blood donors (O ] 50; A 118; B 32 and AB 24) and analyzed by PCR amplification followed by restriction enzyme digestion. Fourteen genotypes were identified and the relative frequencies of the O , O , O , A and B genes ivere estimated at 44.6%, 16.9%, 4.1%, 25.3% and 9.1%, respectively. Tloese results demonstrate that the ABO locus presents a high polymorphism as revealed by molecular analysis.

Relevância:

100.00% 100.00%

Publicador:

Resumo:

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)

Relevância:

100.00% 100.00%

Publicador:

Resumo:

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)

Relevância:

100.00% 100.00%

Publicador:

Resumo:

Este trabalho objetivou a caracterização molecular do vírus linfotrópico de células T humanas infectando doadores de sangue atendidos na Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará. Amostras de DNA de 79 indivíduos soropositivos para o vírus linfotrópico de células T humanas foram analisadas por meio da reação em cadeia da polimerase para as regiões genômicas pX, env e 5'LTR, de polimorfismos de comprimento de fragmentos de restrição e do seqüenciamento da região 5LTR, com posterior análise filogenética, definindo o tipo e o subtipo do HTLV circulante na população estudada. Observou-se uma maior prevalência de HTLV-1 (71%) em relação ao HTLV-2 (29%). As amostras de HTLV-1 sequenciadas foram classificadas como pertencentes ao subtipo Cosmopolita, subgrupo Transcontinental, sendo as de HTLV-2 identificadas como HTLV-2c. A análise de polimorfismos de comprimento de fragmentos de restrição da região env e do sequenciamento da região 5'LTR, identificou, pela primeira vez na Amazônia Brasileira, uma amostra de HTLV-2b, enfatizando a necessidade de estudos moleculares contínuos na região para melhor entendimento da epidemiologia de transmissão do HTLV na população e permitir a vigilância epidemiológica da emergência de novos tipos e subtipos.

Relevância:

100.00% 100.00%

Publicador:

Resumo:

Os vírus linfotrópicos de células T humanas do tipo I e II (HTLV-I/II) são retrovírus que podem ser transmitidos por transfusão de sangue. Estes vírus estão associados com paraparesia espástica tropical (PET), leucemia/linfoma de células T do adulto (L/LTA) e outras doenças sistêmicas imunomediadas. O presente estudo teve como objetivo investigar sinais clínicos de patologias associadas a esses vírus para utilizar na triagem clinica de candidatos à doação de sangue. Usou procedimentos padronizados para avaliação clinica de 30 doadores de sangue soropositivos para HTLV-I/II confirmados pela técnica de reação em cadeia da polimerase (PCR) matriculados no ambulatório do Núcleo de Medicina Tropical da UFPA. Paralelamente, através de interrogatório clínico complementar, estudou grupo controle com 40 candidatos à doação de sangue escolhidos aleatoriamente, que tiveram resultados sorológicos negativos. Dos 30 pacientes examinados, verificou-se que 23 eram portadores de HTLV-I e 07 HTLV-II. Na avaliação clínica, 15 pacientes (50%) não referiram queixas, sendo que 12 pacientes com queixas exclusivamente neurológicas. Observou 05 pacientes com formigamentos; 05 com diminuição da força muscular; 04 com constipação intestinal; 02 com parestesia; 02 com nódulos subcutâneos; 01 com incontinência urinária; 01 com visão borrada; 01 com diminuição do libido. No grupo controle, 05 candidatos (12,5%) referiram queixas. Os resultados indicam que diminuição da força muscular e formigamento devem ser questionados na triagem clínica prévia à doação de sangue para reduzir risco de infecção transfusional.